Entre e sinta-se em casa, sua visita me deixa muito feliz.
Se você gosta de Bijuterias, Cosméticos ( maquiagem), receitas, moda, esmaltes, Artesanatos, reflexões, mensagens e dicas interessantes, encontrará tudo isso aqui no Blog , é só pesquisar no canto a direita a relação dos assuntos.
espero que volte mais vezes.
Um beijo com carinho

da Lu.

Meus Seguidores. Siga-me também!!

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Saiba como evitar dores , doenças e frustrações

É no corpo ou na alma?
Como evitar que as dores, frustrações e crises se transformem em doenças

30/04/2010

Por Márcia Atik*

Quando o famoso médico e filósofo Avicena (980-1037) viajou a Jurjan trouxeram-lhe um rapaz acometido de um mal que nenhum médico conseguira diagnosticar nem curar.

Avicena então pediu para um dos membros da tribo citar o nome das localidades vizinhas e notou que, ao ser mencionado o de determinada localidade, o pulso do paciente sofria uma variação. Quis que o homem falasse o nome das famílias desse lugar e, do mesmo modo, ao citar o nome de certa família o coração do rapaz novamente se alterava. Pediu então que falasse o nome das pessoas daquela família e percebeu que ao ser citado o nome de uma atraente moça dessa família, a variação do pulso se intensificava.

A inabilidade de demonstrar seu amor havia provocado naquele rapaz uma enfermidade psicossomática. O diagnóstico de Avicena antecipou em mil anos o estudo psicológico e a comprovação das doenças psicossomáticas.

É incontestável o fato de todos desejarem a saúde como um bem maior da vida. Viver com saúde, eis a tese. Porém, o que vemos na prática não é isso, pois saúde e doença não dependem apenas da sorte, da qualidade alimentar, exercícios físicos e visitas preventivas periódicas ao médico. Não que esses aspectos não sejam importantes, mas de nada valerão se não cuidarmos e valorizarmos os aspectos emocionais envolvidos nessa história, pois emoção e doença física formam uma dupla inseparável.

Hoje, mais do que nunca, se sabe que as doenças são o espelho da alma. Digo isso de toda e qualquer doença, das mais graves às corriqueiras dores de cabeça e de estômago. Quem nunca teve uma dor nas costas depois de passar por alguma situação de extrema tensão ou após ter suportado a carga de uma reunião desastrosa? Segundo Freud, a história pessoal e a biografia familiar determinam na maioria das pessoas a forma e a hora de adoecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quando leio um comentário seu, meu dia fica mais feliz, então comente aqui vai, obrigadaaaa!!!